Este campo magnético é tão forte que os pacientes não podem estar usando nenhum metal enquanto estiverem sendo submetidas ao exame.

Para a realização do exame é imperativo que o paciente esteja completamente imóvel, o que somente é possível com anestesia geral. Como este exame geralmente demora cerca de 30 minutos a uma hora, as anestesias tendem a ser mais complexas que aquelas utilizadas para a tomografia ou exames radiográficos simples.

A grande vantagem da ressonância magnética em relação às outras técnicas de imagem está na capacidade de diagnósticas uma gama muito maior de moléstias do que os outros exames, incluindo não somente o tecido ósseo mas todo e qualquer tecido do paciente. Lesões marcadamente pequenas são diagnosticadas facilmente pela ressonância magnética, sendo este por vezes o único método diagnóstico capaz de fazê-lo.

A grande limitação do exame está no diminuto número de unidades disponíveis para sua realização em Medicina Veterinária, tornando-o inacessível em muitas regiões do país.