Avanços nos equipamentos e técnicas têm permitido utilizar este método para diagnósticos em oftalmologia e ortopedia. Lesões articulares, ligamentares etendíneas de cães e gatos podem ser diagnosticadas por meio da ultrassonografia. No entanto, as articulações de cães e gatos são marcadamente menores que aquelas dos pacientes humanos, o que torna o exame muito mais difícil de ser realizado.

Uma grande limitação em Medicina Veterinária é o pequeno número de profissionais capacitados para realizar este exame, o que torna esta ferramenta ainda pouco difundida e pouco indicada.